Em reunião de Câmaras Especializadas, presidente da FENEMI divulga ações da entidade

Nessa segunda-feira, 22, às vésperas do CONEMI, a cidade de Joinville recebeu a reunião da Coordenadoria de Câmaras Especializadas de Engenharia Industrial (CCEEI). Durante o encontro, o presidente da Federação Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (FENEMI), eng. mec. Marco Aurelio Candia Braga, apresentou as ações já realizadas pela Federação em todo o Brasil e adiantou o planejamento para o próximo ano.

Na oportunidade, o presidente da FENEMI falou sobre as iniciativas lideradas pela entidade no ano de 2018, tais como implantação de assessoria de imprensa, canais de comunicação, apoio a eventos e participação em chamamentos públicos para captação de recursos com vistas à promoção de eventos. “É um compromisso nosso, estender a atuação da FENEMI por meio da promoção de cursos, palestras para profissionais, acadêmicos e estudantes. Queremos fomentar o interesse nas Engenharias e aproximar os profissionais e sociedade da entidade”, afirmou Marco Aurélio.

O planejamento de eventos em 2019 também foi apresentado durante a reunião. Marco Aurélio ressaltou a importância do CONFEA e da MÚTUA que, por meio dos editais de chamamento público e patrocínio, permitem às entidades a oportunidade de promover tais eventos. A FENEMI também atua no apoio aos eventos nacionais do setor.

Na prévia da realização do maior congresso da Engenharia Mecânica e Industrial nacional, o presidente da FENEMI ressaltou a importância da realização do CONEMI, anualmente, que está na sua décima-oitava edição. “É um evento de promoção da integração social entre academia e mercado, uma excelente oportunidade para atualização de conhecimento, troca de experiências e divulgação de tudo que há mais atual na área”, afirmou.

Na ocasião, o representante da CCEEI na comissão de harmonização CAU x CONFEA e segundo vice-presidente da FENEMI, eng. mec. Josias Gomes Ribeiro Filho, ressaltou a importância da da presença da entidade nas reuniões da Comissão. Para finalizar, Marco Aurélio solicitou o apoio dos coordenadores na criação de Abemec’s nos estados em que não há associação.